O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) definiu que o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE)  será a banca organizadora do seu concurso. A expectativa é que o edital seja lançado ainda no mês de Maio.

O Concurso Ofertará 209 vagas para cargos de níveis fundamentais e médios. Do total de vagas, 180 são para recenseador, com exigência de ensino fundamental. Além dessas, serão ofertadas 4 vagas para agente censitário municipal e 25 para agente censitário supervisor, com exigência de ensino médio para ambos.

CONCURSO IBGE 2019

O Concurso do IBGE foi autorizado em março de 2019 pelo Ministério da Economia, através de uma portaria que informa também os aprovados poderão ser contratados a partir de julho de 2019 e que o Concurso terá validade de 1 ano podendo ser prorrogado por igual período.

Essas 209 vagas serão para preenchimento em poços de Caldas (MG) para trabalhar no Censo Experimental. Esse censo funcionará como um teste para o Censo Demográfico, que será realizado em 2020.

O IBGE planeja ainda um novo concurso com 2250 vagas para a fase de planejamento do Censo Demográfico e um outro com cerca de 250.000 vagas para atuação na fase de coleta.

CARGOS: SALÁRIO E TEMPO DE SERVIÇO

Agente Censitário Municipal – ACM6 mesesR$ 2.400,00
Agente Censitário Supervisor – ACS5,5 mesesR$ 2.000,00
Recenseador2 mesesR$ 1.100,00*

* O Recenseador recebe por produção, valor pode sofrer alteração

ÚLTIMOS EDITAIS

Os últimos editais foram para quase 30 mil vagas. De acordo com um dos editais de concurso IBGE 2017,o cargo de Recenseador contou com o maior quantitativo de vagas, foram 18.845 vagas no total. Para concorrer ao cargo, o interessado precisou ter pelo menos o nível fundamental completo. O restante das vagas foram distribuídas entre os cargos de Agente Censitário Municipal (1.272 vagas) e Agente Censitário Supervisor (4.867 vagas), ambos com requisito de nível médio e salários de R$1.900,00 e R$1.600,00, respectivamente. Além da remuneração, os agentes têm direito ao ao auxílio-alimentação (R$458), auxílio transporte, férias e 13º salário proporcional. A remuneração de Recenseador será por produção, calculada por setor censitário, conforme taxa fixada e de conhecimento prévio pelo cargo, com base nas quantidades de unidades de estabelecimentos agropecuários recenseados.

Os contratos foram assinados por até 07 (sete) meses para Agente Censitário Municipal e Agente Censitário Supervisor e até 05 (cinco) meses para Recenseador. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, sendo 08 horas/dia, com exceção do cargo de Recenseador, que terá jornada de 25 horas semanais, além da participação integral e obrigatória no treinamento.

Um outro edital foi divulgado com vagas de Analista Censitário, cujo requisito é de nível superior. As vagas foram destinadas as áreas de Análise de Sistemas – Desenvolvimento de Aplicações (8 vagas), Análise de Sistemas – Desenvolvimento de Aplicações Web Mobile (4 vagas), Análise de Sistemas – Suporte à Comunicação e Rede (02 vagas), Análise de Sistemas/ Suporte à Produção (04 vagas), Análise de Sistemas – Suporte Operacional e de Tecnologia (02 vagas), Agronomia (27 vagas), Ciências Contábeis (07 vagas), Geoprocessamento (07 vagas), Gestão e Infraestrutura (63 vagas), Jornalismo (12 vagas), Logística (2 vagas), Análise Socioeconômica (08 vagas), Biblioteconomia e Documentação (02 vagas), Métodos Quantitativos (6 vagas), Produção Gráfica – Editorial (2 vagas), Programação Visual – Webdesign (12 vagas) e Recursos Humanos (5 vagas). O salário chegou a até R$ 4.000,00.

INFORMAÇÕES DO CONCURSO

  • Concurso: IBGE (Temporário)
  • Banca organizadora: Consulpam
  • Status: Banca definida
  • Cargos: diversos
  • Escolaridade: Nível fundamental, médio e superior
  • Número de vagas: 209
  • Remuneração: até R$2,4 mil
  • Link para o  último Edital