O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, anunciou nesta terça-feira (19), na Praça do Buriti, que em breve haverá o concurso da PCDF. “O edital será lançado nos próximos meses, podendo ser em abril ou maio”, disse.

É previsto que no certame sejam ofertadas 1.500 vagas para agentes e 300 vagas para escrivães que irão recompor o quadro de servidores do órgão.

Ainda no encontro, o governador também comunicou que haverá paridade da PCDF com a PF – Polícia Federal e que o aumento da remuneração será feito por motivos de perdas inflacionárias. A proposta precisará ainda do aval do governo federal e do Congresso Nacional por versar sobre os recursos do Fundo Constitucional.

“Se nesse meio tempo, até 2021, houver reajuste para os servidores da Polícia Federal, os servidores da PCDF também serão contemplados”, declarou. De acordo com as informações, o reajuste salarial da categoria que será de 37% no total terá a divisão aplicada da seguinte forma:

  • 5% em abril de 2019
  • 5% em setembro de 2019
  • 6,5% em abril de 2020
  • 6,5% em setembro de 2020
  • 7% em abril de 2021
  • 7% em setembro de 2021

Último Concurso

O governo de Brasília nomeou 143 policiais civis, segundo publicação no Diário Oficial do Distrito Federal. São 118 agentes e 25 escrivães, dos quais sete foram convocados por decisão da Justiça.

Todos são aprovados do último concurso PCDF, feito em 2013 e homologado em 2014.

Com isso, fica zerado o cadastro de reserva do certame, com exceção dos candidatos sub judice.

A Polícia Civil do Distrito Federal conta com cerca de 4,9 mil policiais em diversas carreiras — delegado, agente de polícia, agente de custódia, perito, médico perito, papiloscopista e escrivão.

No último concurso foram oferecidas 300 vagas para Agente, sendo 285 para ampla concorrência e outras 15 reservadas para pessoas com deficiência. Para cadastro reserva foram destinadas cerca de 600 vagas.

A seleção foi constituída por prova objetiva e discursiva, teste de capacidade física, exames biométricos, avaliação médica e psicológica, investigação social, avaliação de títulos e curso de formação.

A prova objetiva do concurso foi planejada com conhecimentos básicos e específicos, já a prova discursiva consistiu em uma redação de texto dissertativo.

Entre as matérias do concurso PCDF há:

  • língua portuguesa;
  • Noções de informática;
  • Raciocínio lógico;
  • Atualidades;
  • Noções de direito constitucional;
  • Direito administrativo;
  • Direito penal;
  • Direito processual penal;
  • Legislação específica;
  • Legislação penal extravagante.

A prova objetiva do concurso valia 120 pontos, porém, foi necessário tirar nota mínima de 12 em conhecimentos básicos, 18 em conhecimentos específicos, e ao total 36 pontos. A prova discursiva valia 40 pontos, os candidatos precisaram obter no mínimo 12.

Detalhes do concurso:

  • Concurso: Polícia Civil do Distrito Federal
  • Banca organizadora: a definir
  • Cargo: Agente; Escrivão.
  • Escolaridade: nível superior
  • Número de vagas: 1,8 mil
  • Remuneração: até R$ 13 mil
  • Situação: Autorizado
  • Previsão p/ publicação do edital: maio de 2019
  • Último edital