O presidente do Tribunal de Contas do Município de São Paulo, conselheiro João Antônio, autorizou um novo concurso para o TCM-SP. As oportunidades são para o cargo de agente de fiscalização.

O despacho de autorização foi publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo do último sábado, 15 de junho. Estão previstas 92 vagas, sendo duas imediatas e 90 para a formação de um cadastro de reserva.

Um dos principais atrativos de quem deseja concorrer ao concurso TCM-SP é a excelente remuneração. Em início de carreira, o agente de fiscalização recebe R$18.829,53, valor composto pelo salário básico de R$10.818,37 somado com a gratificação de R$8.011,16. 

Para concorrer ao cargo de agente de fiscalização será necessário ter nível superior. A carreira exige formação em áreas específicas. No entanto, ainda não foram confirmadas quais áreas serão oferecidas no próximo edital. Poderão ser oferecidas chances para administrador; assistente educacional; assistente social; bibliotecário; contador; Direito; economista; enfermeiro; engenheiro; escrivão de ata; Tecnologia da Informação.

Concurso TCM-SP já tem comissão formada

Uma boa notícia para os interessados nesse próximo concurso TCM-SP é que a comissão organizadora já foi formada. Essa medida deve acelerar a publicação do edital, pois os preparativos para as próximas etapas já podem ser iniciados.

Entre os preparativos, está a escolha da banca organizadora. Os membros serão os responsáveis por definir a empresa, bem como acompanhar todo o concurso. Eles irão preparar o projeto básico, a ser utilizado para definir a contratada.

A banca será responsável por publicar o edital, receber as inscrições e realizar todas as etapas. Caberá também a comissão definir o modo de contratação. Se por meio de dispensa, o processo tende a ser mais ágil.

TCM-SP também prepara edital de nível médio

O Tribunal de Contas do Município de São Paulo também prepara concurso para um cargo de nível médio. Este, está autorizado desde janeiro de 2018 para oferta de dez vagas no cargo de auxiliar técnico de fiscalização, na área de suporte administrativo. Para se candidatar ao cargo é preciso ter apenas o ensino médio completo.

O auxiliar cumprirá jornada de 40 horas por semana, com vencimento básico de R$4.907,45. Após seis meses, os servidores podem receber a gratificação de incentivo à especialização e produtividade no valor de R$5.124,95, chegando a uma remuneração de R$10.032,40.

Em janeiro desse ano, completou-se um ano da autorização e os trâmites estavam paralisados. Não havia uma previsão do edital ser publicado e um dos principais entraves era a falta de uma comissão.

No entanto, junto com o cargo de agente de nível superior também foi oficializada a comissão do concurso TCM-SP para nível médio. Dessa forma, o edital poderá ser publicado em breve. A próxima etapa será contratar a organizadora.