O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas está autorizado a realizar concurso público com o provimento de quatro vagas para os cargos de analista e técnico judiciário. A autorização veio por meio da portaria nº 602 publicada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O documento autoriza quatro vagas, sendo três (3) para o cargo de técnico judiciário e uma (1) para o cargo de analista.

O órgão realizou seu último certame em 2009 e o prazo de validade da seleção já expirou. Com a portaria concedendo o aval para prover vagas, a previsão é que um novo edital seja publicado em breve. Além das vagas autorizadas, o tribunal costuma formar cadastro reserva.

Cargos e atribuições

Analista Judiciário – Área Judiciária: executar atividades privativas de bacharel em Direito relacionadas com processamento de feitos e apoio a julgamentos.

Analista Judiciário – Área Administrativa: executar atividades de nível superior, relacionadas com as funções de administração de recursos humanos, administração de recursos materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, de controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e de suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais.

Analista Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Contabilidade: executar atividades de nível superior, relacionadas com análise contábil e auditoria.

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Engenharia Civil: executar atividades de nível superior relacionadas com projetos de edificação, reforma e manutenção de prédios e edifícios; executar atividades para proteção do trabalhador no que se refere à questão de segurança, inclusive higiene do trabalho, e demais atividades previstas na Resolução TSE n.º 20.761, de 19 de dezembro de 2000, e na Resolução n.º 359 do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, de 31 de julho de 1991.

Técnico Judiciário – Área Administrativa: executar atividades de nível médio, relacionadas com as funções de administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais.

Remuneração

Conforme o  documento da estrutura remuneratória, publicado no portal da transparência, a remuneração atual para Analista Judiciário é de R$ 12.455,30; já para o cargo de Técnico Judiciário a remuneração é de 7.591,37. Esses valores são referentes ao salário básico e a Gratificação de Atividade Judiciária – GAJ.

Último concurso

No último concurso foram ofertadas três vagas, além de formação de cadastro reserva para as carreiras de analista e técnico judiciário. Para analista judiciário as vagas eram nas áreas judiciária, administrativa e apoio especializado com especialidade em engenharia civil, uma disponível para cada cargo. O cargo exige conclusão de curso de nível superior.

Para técnico, foram ofertadas vagas para cadastro reserva na área administrativa e exigia dos candidatos diploma de conclusão de ensino médio.

Provas

Todas as provas para analista judiciário foram compostas por 20 questões de conhecimentos básicos e 50 de específicos, além da avaliação discursiva (redação). Já a prova para técnico judiciário na área administrativa foi planejada apenas com 70 questões de conhecimentos básicos e específicos.

Concurso TRE AL

A prova de Conhecimentos Básicos para analista cobrou os conteúdos de Português e Noções de Informática, e em Conhecimentos Específicos cada cargo contou com um conteúdo programático.

Para técnico a prova de Conhecimentos Básicos caíram conteúdos de Português, Noções de Informática e Noções de Arquivologia, já em Conhecimentos Específicos foi cobrado Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Eleitoral, Noções de Direito Administrativo, Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais, Regimento Interno do TRE– AL e Noções de Administração Pública.

Critérios para aprovação

Para se classificar, os candidatos precisaram obter pelo menos 50% de acertos nas questões de conhecimentos básicos e 50% em conhecimentos específicos. Aqueles que realizaram a redação tinham que tirar pelo menos 5 pontos, considerando que a prova discursiva valia 10.


Resumo concurso TRE AL

  • Concurso: Tribunal Regional Eleitora do Alagoas
  • Banca organizadora: A definir
  • Cargo: A definir
  • Escolaridade: A definir
  • Número de vagas: A definir
  • Remuneração: A definir
  • Situação: PREVISTO!
  • Previsão p/ publicação do edital: 2019
  • Link do último edital