Atenção, concurseiros! O edital de concurso público do Tribunal Regional Federal da 3ª Região acaba de ser publicado! 

Como já esperado e anunciado pelo órgão, serão 9 vagas para cargos de níveis médio e superior mas fica a expectativa para que possa ser formado um bom cadastro de reserva. No total, até 1.180 aprovados poderão figurar no cadastro de reserva.

A distribuição das vagas é a seguinte:

  • Analista judiciário área judiciária – três vagas;
  • Analista judiciário área informática – uma vaga;
  • Técnico judiciário área administrativa – quatro vagas; e
  • Técnico judiciário área informática – uma vaga.

Ao cargos de analista exigem o nível superior e proporcionam remuneração de R$13.365,38, já somada com o auxílio-alimentação de R$910,08.

Para o da área judiciária será preciso ter nível superior em Direito, enquanto que para a área de informática será preciso diploma de curso superior completo em qualquer área, acompanhado de especialização na área de análise de sistemas, ou qualquer curso superior em Informática.

Com relação aos técnicos, a remuneração inicial é de R$8.501,45, também já com o benefício do auxílio. Para ambos, a única exigência é ter o nível médio completo. Confira abaixo um resumo das oportunidades:

O edital também traz a distribuição das vagas por lotação. Serão quatro chances para o próprio TRF3, sendo uma para cada cargo. Para a Seção Judiciária do Estado de São Paulo serão também quatro vagas, sendo duas para analista da área judiciária e uma para técnico da área administrativa. Será também para este último a única vaga do Matro Grosso do Sul.

 

Inscrições

O Tribunal Regional Federal da 3 ª Região, com atuação em São Paulo e Mato Grosso do Sul, abrirá o prazo para inscrições às 10h do próximo dia 12 de setembro. Os interessados poderão se cadastrar até o dia 2 de outubro.

O primeiro passo será acessar o site da Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora, pesquisar a área destinada do concurso TRF3 e preencher o formulário com os principais dados para cadastro.

As inscrições, no entanto, somente serão confirmadas após o pagamento da taxa. O valor é de R$85 para técnicos e R$95 para analistas, devendo ser quitado até o último dia do prazo para inscrições.

Apenas candidatos inscritos no programa CadÚnico que forem membros de família baixa renda e doadores de medula óssea poderão solicitar a isenção do valor. Os pedidos serão aceitos de 12 a 16 de setembro, também pelo site da FCC.

Provas

O TRF3 avaliará os candidatos por meio de provas objetivas e discursivas. De acordo com o calendário inicial, os exames estão agendados para acontecer no dia 1º de dezembro, com caráter eliminatório e classificatório.

A aplicação acontecerá apenas nas cidades de São Paulo e Campo Grande. Pela manhã, farão os exames os candidato a técnico. À tarde, os concorrentes a analista serão avaliados. Desta forma, é possível concorrer a mais um de carro, tendo as formações exigidas.

A prova objetiva será para todos, enquanto que na discursiva haverá variação. Analistas e técnico de informática farão estudo de caso. Já o técnico administrativo fará um redação. Os exames acontecerão na mesma data.

O edital de convocação para as provas está previsto para ser divulgado no dia 11 de novembro, enquanto que os gabaritos sairão no dia seguinte das provas, em 2 de dezembro. Todos os cargos respoderão a 60 questões, sendo:

  • 20 de Conhecimentos Gerais; e
  • 40 de Conhecimentos Específicos.

Para todos a primeira parte terá peso um e a segunda parte peso três. A duração do exame será de quatro horas e meia para os quarto cargos. A prova discursiva, por sua vez, terá peso um.

TRF3 poderá ter 1,1 mil aprovados no cadastro

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região não traz o quantitativo de vagas que serão preenchidas em seu cadastro de reserva. O preenchimento será feito durante todo o prazo de validade com os aprovados seguindo a ordem de classificação.

Todavia, o edital de abertura informa a quantidade de provas discursivas (redação e estudo de caso) que serão corrigidas. Para ter a correção, será preciso ser aprovado na prova objetiva. É possível estimar, portanto, que o TRF3 terá um cadastro de 1.188 classificados.

Tabela de correções das provas de Redação e Estudo de Caso

O prazo de validade do concurso TRF3 será de dois anos, contados a partir da homologação do resultado final, que ainda não tem data prevista. O prazo ainda poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Informações do Concurso

 

  • Concurso:  Tribunal Regional Federal da 3ª Região
  • Banca:  Fundação Carlos Chagas – FCC
  • Cargos: Analista e Técnico Judiciário
  • Escolaridade: níveis médio e superior
  • Número de vagas: 9 + CR
  • Remuneração: R$ 12.455,30
  • Inscrições: de 12 de setembro a 02 de outubro 2019
  • Taxa de Inscrição: R$ 85 e R$ 95
  • Data da Prova: 01 de dezembro 2019,
  • Link do edital